Blog Sem Fins Lucrativos, somente com o intuito de divulgar a carreira do piloto Bruno Senna e o IAS. Carol Lo Re

sábado, 13 de junho de 2009

Com quase 12 horas de prova, Tiago Monteiro ocupa a 17ª posição


Em seu turno Bruno Senna teve uma saída de pista, o que danificou bastante o seu Oreca #10. A equipe ficou cerca de 20 minutos para efetuar os reparos. O brasileiro retornou na 21ª colocação, a 19 voltas atrás do líder. Mais uma vez a tripulação faz uma prova de recuperação. No momento, o português Tiago Monteiro ocupa a 17ª posição.

Bruno Senna no cockpit


Parece que a Oreca mudou sua tática. Tanto Panis quanto Ortelli fizeram "stints" mais curtos, dando lugar a Nicolas e Bruno, respectivamente, nos Orecas #11 e #10. Bruno está na 13ª posição, atrás do Aston Martin #008.

Bruno Senna diz no twitter

"Estou voltando agora para meu segundo turno. Devo dar 12 voltas antes de parar para reabastecer".

Stéphane Ortelli reassume; corrida entra na fase noturna


Tiago Monteiro concluiu seu terceiro "stint". O português ocupava a 14ª colocação antes da parada. Stéphane Ortelli reassumiu o cockpit e dá prosseguimento à prova de recuperação do Oreca #10.

Bruno Senna estréia muito bem em Le Mans.



No n º 10 o piloto Bruno Senna deixa seu lugar para o portugues Thiago Monteiro.

Deixa o carro após 2.30h de corrida para seu primeiro revezamento nas 24 Horas de Le Mans. Bruno está com muito folego, apresenta um preparo físico excelente. Desenvolveu um bom ritmo no seu protótipo, Bruno Senna fez sólida prova de recuperação para a sua equipe Oreca após assumir o lugar de seu companheiro S. Ortelli, devido um acidente com o mesmo. Está muito satisfeito em sua primeira experiência em Le Mans.

Retornará a noite e está com um presságio muito bom para o futuro na corrida.
Bruno Senna se reune com a equipe e concede entrevistas.

Bruno entrega Oreca #10 para Tiago Monteiro


A primeira participação do Bruno foi ótima, especialmente, se considerarmos que ele recebeu o carro com a suspensão traseira trocada pela equipe, após o acidente de Ortelli, o que, provavelmente, prejudicou o equilíbrio ideal. Agora, o português Tiago Monteiro assumiu o Oreca #10. Bruno acabou de conceder uma entrevista à Eurosport.

Bruno escreveu no seu Twitter:

"Acabei de sair do carro. O carro tá legal e consegui recuperar algumas posições. Agora vou me reunir com a equipe e comer alguma coisa".

Bruno Senna faz sólida prova de recuperação. No momento está em 18º


Bruno Senna começou na 23ª colocação. Em sua estréia nas 24 Horas de Le Mans, o brasileiro imprime um excelente ritmo de corrida, recuperando terreno sobre vários protótipos a sua frente. No momento, Bruno já está na 18ª posição reduzindo a distância em relação ao Courage-Oreca Judd da Signature Plus que vai a sua frente. Senna faz seu último trecho antes de entregar o carro para seu parceiro, o português Tiago Monteiro.

Bruno assume o Oreca #10


Infelizmente, Stéphane Ortelli pisou na grama, rodou e bateu o carro. O piloto monegasco conseguiu levá-lo ao pit. A equipe trabalhou rápido e devolveu o carro já com Bruno Senna no volante à pista, com 5 voltas de desvantagem em relação ao líder.

No momento, Bruno ocupa a 23ª colocação e fará uma prova de recuperação. Bom lembrar que a corrida é longa e muitas surpresas ainda poderão aocontecer.

Bruno Senna está otimista para prova

Largada ficará a cargo do piloto monegasco Stéphane Ortelli

SÃO PAULO – O trio liderado pelo brasileiro Bruno Senna e completado pelo monegasco Stéphane Ortelli e o português Tiago Monteiro sairá da 15ª colocação na 77ª edição das 24 Horas de Le Mans. A prova, uma das mais tradicionais e prestigiosas do automobilismo mundial, começará às 10 horas (Brasília) deste sábado com largada autorizada pelo presidente da Ferrari, Luca di Montezemolo, homenagem aos 60 anos da primeira das nove vitórias da fábrica italiana no circuito de Le Sarthe. Pela primeira vez na história da tevê brasileira, o Speed Channel (Canal 97 da NET) exibirá a corrida ao vivo em três grandes blocos – das 9h30 às 13h00, das 17h30 às 21h30 e a parte final, domingo, incluindo a bandeirada final e o pódio, das 5h30 às 10h30.

Bruno e os companheiros dividem um dos dois protótipos da equipe particular francesa Oreca, empurrado pelo motor AIM. Em sua estréia no evento que divide com as 500 Milhas de Indianápolis e o GP de Mônaco de Fórmula 1 a santíssima trindade das pistas internacionais, Bruno encarou com naturalidade os resultados das sessões classificatórias. "Está tudo dentro das nossas expectativas. Sabemos que não temos a velocidade dos carros turbodiesel e trabalhamos muito mais no acerto de corrida. Na verdade, só usamos um jogo de pneus novos e aproveitamos as tomadas de tempo mais para avaliar algumas mudanças no carro”, explicou.

Como já era esperado, a pole se transformou numa disputa particular entre os carros turbodiesel oficiais de fábrica da Peugeot e da Audi. No último minuto dos treinos, encerrados à meia-noite de quinta-feira, o francês Stephane Sarrazin, com o modelo 908 HDi FAP da casa francesa, demoveu o novíssimo Audi A15 TDI do escocês Allan McNish do topo da folha de tempos. A marca registrada por Sarrazin, que terá a companhia dos compatriotas Franck Montagny e Sébastien Bourdais, foi 10 segundos mais veloz que a volta estabelecida por Ortelli. "Os Audi e os Peugeot podem andar bem mais rápidos, se quiserem. Com acerto de classificação, eu não baixaria mais do que dois segundos”, comparou Bruno.

De acordo com a programação definida pela Oreca, caberá ao mais experiente do time a responsabilidade de alinhar no grid de 55 carros de quatro classes – a dos protótipos LMP1 e LMP2 e dos grã-turismo LMGT1 e LMGT2. Ortelli venceu a prova em 1998 e acumula 11 participações em Le Mans. Bruno será o segundo a ocupar o cockpit. Os cálculos da equipe indicam que o carro deverá completar de 12 a 13 voltas pelo longuíssimo traçado de 13.650 metros antes de cada parada para reabastecimento. Em princípio, os pilotos farão três turnos seguidos. "Deve dar algo em torno de duas horas e meia de pilotagem, o que significa que o tempo de descanso será prolongado”, lembrou o brasileiro.

A Audi venceu nos últimos cinco anos em Le Mans, mas a Peugeot parece disposta a encerrar o reinado da marca alemã. O dinamarquês Tom Kristensen, maior nome da prova com a conquista de oito títulos, correrá ao lado de McNish e do italiano Rinaldo Capello. "Em condições normais, a briga será mesmo entre eles. Os turbodiesel passam dos 300 km/, têm muito mais torque e ótima saída de curva. Nossos pontos altos são a consistência e a confiabilidade. Além disso, o Oreca tende a melhorar à medida que a pista vai emborrachando. Se não chover, o que é uma previsão da meteorologia, acho que poderemos ir bem.”

Em seu batismo em Le Mans, Bruno reconheceu que a adaptação ao circuito está sendo das mais trabalhosas. "Não é fácil fazer uma volta limpa por causa do tráfego dos carros mais lentos da GT2. Há também uma variedade enorme de piso e grip, já que o circuito também utiliza trechos de estradas e ruas da região. Nas ruas, o maior problema são as ondulações”, analisou.

Nesta sexta-feira, sem atividades de pista, os pilotos passaram o dia entregues a compromissos promocionais e participaram do habitual desfile pelo centro da vila de Le Mans. Os organizadores estão confiantes de que o público recorde de 250.000 pessoas de 2008 será ultrapassado. Em seus períodos de repouso, Bruno vai passar informações sobre o que acontece na pista e nos bastidores de Le Mans pelo Twitter.

Fonte: Márcio Fonseca

Warm Up: Bruno Senna e parceiros marcam o 12º tempo


Esta manhã durante o warm-up, a equipe Oreca focou em pequenos detalhes que podem fazer a diferença. Stéphane Ortelli e Olivier Panis que refinaram o set-up dos carros. Os demais pilotos também tiveram a oportunidade de dar algumas voltas, principalmente para confirmar os detalhes de que são tão fundamentais para uma corrida longa (posição do volante, cinto adaptação, volante iluminação, ...).

Confira os tempos dos carros inscritos na "LMP1" e as respectivas posições na classificação geral:

1) Stéphane SARRAZIN/Franck MONTAGNY/Sébastien BOURDAIS
Team Peugeot Total - Peugeot 908 #8 = 3'26.457

2) David BRABHAM/Alexander WURZ/Marc GENÉ
Peugeot Sport Total - Peugeot 908 #9 +0.336

3) Nicolas MINASSIAN/Pedro LAMY/Christian KLIEN
Team Peugeot Total - Peugeot 908 #7 + 0.736

4) Alexandre PRÉMAT/Timo BERNHARD/Romain DUMAS
Audi Sport North America - Audi R15 #3 + 2.147

5) Marco WERNER/Lucas LUHR/Mike ROCKENFELLER
Audi Sport Team Joest - Audi R15 #2 + 2.408

6) Jean-Christophe BOULLION/Bénoit TRELUYER/Simon PAGENAUD
Pescarolo Sport - Peugeot 908 #17 + 3.069

7) Tom KRISTENSEN/Dindo CAPELLO/Allan McNISH
Audi Sport Team Joest - Audi R15 #1 + 4.373

8) Christijan ALBERS/Christian BAKKERUD/Giorgio MONDINI
Team Kolles - Audi R10 #15 + 6.064

9) Jos VERSTAPPEN/Anthony DAVIDSON/Darren TURNER
AMR Eastern Europe - Lola Aston Martin B09/60 #008 + 7.232

10) Charles ZWOLSMAN/Narain KARTIKHEYAN/Andre LOTTERER
Team Kolles - Audi R10 #14 + 7.767

11) Neel JANI/Nicolas PROST/Andrea BELICCHI
Speedy Racing Team Sebah - Lola B08/60 Aston Martin #13 + 9.656

12) Bruno SENNA/Stéphane ORTELLI/Tiago MONTEIRO
Team Oreca-Matmut - Oreca 01 AIM # 10 + 10.098

13) João BARBOSA/Bruce JOUANNY/Christophe TINSEAU
Pescarolo Sport - Pescarolo LMP1/2009 Judd #16 + 10.330

14) Olivier PANIS/Nicolas LAPIERRE/Soheil AYARI
Team Oreca-Matmut - Oreca 01 AIM #11 + 10.443

15) Stefan MÜCKE/Tomas ENGE/Jan CHAROUZ
Aston Martin Racing - Lola Aston Martin B09/60 #007 + 12.308

16) Peter HARDMAN/Nick LEVENTIS/Danny WATTS
Strakka Racing - Ginetta-Zytek 09S #23 + 14.696

17) Nigel MOORE/Lawrence TOMLINSON/Richard DEAN
Team LNT - Ginetta-Zytek 09S #6 + 14.951

19) Peter KOX/Harold PRIMAT/Stuart HALL
Aston Martin Racing - Lola Aston Martin B09/60 #009 + 17.545

20) Pierre RAGUES/Franck MAILLEUX/Didier ANDRE
Ultimate-Signature - Courage Oreca LC70 Judd #12 + 17.599

23) Jamie CAMPBELL-WALTER/Vanina ICKX/ Romain IANETTA
Creation Autosportif - Creation CA07 Judd #4 + 22.292

Vídeo: Bruno Senna comenta os treinos em Le Mans

video

quinta-feira, 11 de junho de 2009

Bruno Senna, en piste malgré l'interdit familial


24 Heures du Mans, ce week-end. Le Brésilien, neveu d'Ayrton Senna, fera figurede bizuth. Malgré son nom, une carrière dans l'automobile n'allait pas de soi.
Mardi, 14 heures. Les pilotes Oreca sortent des vérifications administratives pour accomplir leurs obligations avec les médias. Les flashs crépitent autour d'un des pilotes. A la demande des photographes, il retire poliment ses lunettes et découvre un regard qui a un air de déjà-vu. C'est Bruno Senna, qui fait ses débuts aux 24 Heures cette année dans la catégorie-reine (LMP1). Le pilote brésilien (25 ans) ressemble à s'y méprendre à son illustre oncle, décédé en 1994 lors du Grand Prix d'Imola, en Formule 1.
« Je constate qu'il y a beaucoup d'agitation autour de moi. Je sais que l'on s'intéresse un peu plus à moi parce que je suis le neveu d'Ayrton. » Cette année encore, plusieurs pilotes des 24 Heures (Nicolas Prost, Vanina Ickx, Leo Mansell...) affichent une illustre ascendance. Pour Bruno Senna, faire carrière dans le sport automobile n'était pas gagné. Suite au décès de son oncle, sa mère Viviane s'était longtemps opposée à ce que son fils fasse carrière en sport mécanique. « Maintenant, je suis assez grand pour prendre mes propres décisions. »
Un choix accepté par sa famille. D'ailleurs, son manager n'est autre que sa soeur, Bianca. « J'ai une très belle famille. D'ailleurs, Ayrton était très proche de moi et de ma soeur. Je me souviens très bien de lui. » Mais ce n'est pas pour autant qu'il faudra, sur le plan du pilotage, rechercher une filiation entre Bruno et Ayrton. « Je n'ai eu que peu d'opportunités d'apprendre de lui, indique-t-il. Ses courses, sa façon de piloter, je les ai peu regardées. De toute façon, chaque pilote conduit à sa manière. Quel que soit son nom. »
Objectif Formule 1
D'ailleurs, ce n'est pas pour faire parler de son écurie qu'Hugues de Chaunac a fait appel à lui. « Je cherchais des pilotes rapides qui avaient envie de progresser. Bruno correspond à ça. Il se destine à la Formule 1 et a une motivation énorme. Avec le talent qu'il a, il a tout pour réussir. » Et Le Mans est, précisément, l'occasion de progresser. « Ici, je vais avoir l'occasion de conduire longtemps, sous la pluie, de nuit, voire tout en même temps. Pour un pilote, c'est excitant... et un peu effrayant. L'endurance va faire de moi un pilote plus complet, d'autant que la F1 est mon but. Sans doute l'an prochain. »
Avant chaque Grand Prix, on lui posera des questions sur son illustre ascendant. En cas de sortie de route, on ne manquera pas d'invoquer le 1er mai 1994. « Être fils de ou neveu de n'est pas chose facile, résume Nicolas Prost, au Mans pour la deuxième fois. Tout le problème est qu'il ne faut pas que cela devienne un syndrome. Il faut réussir à se construire une carrière. »
Antoine BUSNEL.

Preparados para a corrida

Ambos ORECA 01 partirão da 8ª fila, respectivamente, nos 15 º e 16º lugares.

Esta sessão foi gratificante para a equipe que testou diversos ajustes finos e algumas configurações. Stéphane Ortelli e Olivier Panis foram os responsáveis pelo "desenvolvimento" , guiando cerca de 1:30 hs das 3 hs disponíveis, o tempo restante foi dividido entre os outros quatro pilotos.

No final desta sessão, Hugues de Chaunac, fez o balanço: "Não procuramos o desempenho, mas sim um ajuste do carro para a corrida. A posição de largada é irrelevante nesta corrida. Os "diesel" estão em outro planeta e os Aston Martins utilizam sua vantagem regulamentar. Cumprimos o nosso planejamento, vamos fazer a nossa corrida, centrando-nos na confiabilidade. Queremos gastar o menor tempo possível para atingirmos a linha de chegada com os nossos dois protótipos. "

Amanhã não há atividades na pista, mas ocorrerá o famoso "Desfile dos pilotos."

Foto: Oreca Racing

Bruno Senna partirá da 15ª posição nas 24 Horas de Le Mans


"Tivemos alguns problemas na primeira saída, por isso só tive duas voltas para testar o carro", afirmou Bruno no twitter. Assim, a classificação coube ao monegasco Stáphane Ortelli e ao português Tiago Monteiro que colocaram o Oreca #10 na 15ª posição do grid, logo a frente de seu "irmão" #11.

A pole foi conquistada pelo trio Stéphane SARRAZIN/Franck MONTAGNY/Sébastien BOURDAIS, do Team Peugeot Total, com o Peugeot 908 #8, desbancando os favoritos Audi R15 TDi.

Lembrando que, consoante os pilotos, Chaunac e Floury afirmaram em diversas entrevistas ao longo da semana, a Oreca utilizou a qualificação para buscar o melhor acerto do carro para a corrida, na medida em que numa prova tão longa como esta a posição de largada não é tão relevante.

Confira os tempos de todos os carros inscritos na classe "LMP1"e as respectivas colocações na classificação geral:


1) Stéphane SARRAZIN/Franck MONTAGNY/Sébastien BOURDAIS
Team Peugeot Total - Peugeot 908 #8 = 3'22.888

2) Tom KRISTENSEN/Dindo CAPELLO/Allan McNISH
Audi Sport Team Joest - Audi R15 #1 + 0.762

3) Nicolas MINASSIAN/Pedro LAMY/Christian KLIEN
Team Peugeot Total - Peugeot 908 #7 + 1.972

4) Jean-Christophe BOULLION/Bénoit TRELUYER/Simon PAGENAUD
Pescarolo Sport - Peugeot 908 #17 + 2.174

5) David BRABHAM/Alexander WURZ/Marc GENÉ
Peugeot Sport Total - Peugeot 908 #9 +2.364

6) Marco WERNER/Lucas LUHR/Mike ROCKENFELLER
Audi Sport Team Joest - Audi R15 #2 + 2.892

7) Alexandre PRÉMAT/Timo BERNHARD/Romain DUMAS
Audi Sport North America - Audi R15 #3 + 4.218

8) Stefan MÜCKE/Tomas ENGE/Jan CHAROUZ
Aston Martin Racing - Lola Aston Martin B09/60 #007 + 4.292

9) Jos VERSTAPPEN/Anthony DAVIDSON/Darren TURNER
AMR Eastern Europe - Lola Aston Martin B09/60 #008 + 4.816

10) Neel JANI/Nicolas PROST/Andrea BELICCHI
Speedy Racing Team Sebah - Lola B08/60 Aston Martin #13 + 5.246

11) Peter HARDMAN/Nick LEVENTIS/Danny WATTS
Strakka Racing - Ginetta-Zytek 09S #23 + 6.910

12) João BARBOSA/Bruce JOUANNY/Christophe TINSEAU
Pescarolo Sport - Pescarolo LMP1/2009 Judd #16 + 7.578

13) Christijan ALBERS/Christian BAKKERUD/Giorgio MONDINI
Team Kolles - Audi R10 #15 + 8.304

14) Charles ZWOLSMAN/Narain KARTIKHEYAN/Andre LOTTERER
Team Kolles - Audi R10 #14 + 8.660

15) Bruno SENNA/Stéphane ORTELLI/Tiago MONTEIRO
Team Oreca-Matmut - Oreca 01 AIM # 10 + 10.626

16) Olivier PANIS/Nicolas LAPIERRE/Soheil AYARI
Team Oreca-Matmut - Oreca 01 AIM #11 + 10.972

17) Peter KOX/Harold PRIMAT/Stuart HALL
Aston Martin Racing - Lola Aston Martin B09/60 #009 + 11.080

18) Nigel MOORE/Lawrence TOMLINSON/Richard DEAN
Team LNT - Ginetta-Zytek 09S #6 + 12.916

20) Jamie CAMPBELL-WALTER/Vanina ICKX/ R. IANETTA
Creation Autosportif - Creation CA07 Judd #4 + 13.072

22) Pierre RAGUES/Franck MAILLEUX/Didier ANDRE
Ultimate-Signature - Courage Oreca LC70 Judd #12 + 23.438

Bruno Senna diz esperar até 2010 para ir a F1

Bruno Senna diz esperar até 2010 para ir à F-1

Brasileiro disputa neste fim de semana as tradicionais 24 Horas de Le Mans


Bruno Senna, da Oreca nas 24h de Le MansBruno Senna prefere esperar até 2010 para tornar-se piloto titular da F-1. O brasileiro explicou que seria muito complicado entrar no meio da atual temporada, pois os testes estão proibidos. Cairia, assim, "de paraquedas".

O agora piloto da Le Mans Series tem como meta estar na F-1 no próximo ano. Poderia ter estreado neste ano, mas a Brawn optou por contratar Rubens Barrichello. Ele chegou a fazer testes para tentar ser piloto da Honda, que abandonou a F-1 no meio do processo."Teria de ser uma oportunidade realmente boa, pois a F-1 é extremamente competitiva e não há testes. Então, é questão de analisar o risco. Se a equipe tiver um ótimo simulador, talvez [seja uma boa], mas se minha primeira experiência for entrar no carro em uma sexta-feira, será uma má ideia", disse ao site da revista "Autosport".

Questionado se gostaria de esperar até 2010 para virar piloto titular, respondeu nesta quinta-feira; "A preferência é essa, sim".Senna disputa neste fim de semana as 24 Horas de Le Mans pela Oreca, dividindo carro número dez com Stéphane Ortelli, vencedor de 1998, Tiago Monteiro, ex-F-1.

Fonte: UOL

Bruno Senna está agora no Twitter

SÃO PAULO – A partir de hoje, as atividades do piloto Bruno Senna poderão ser acompanhadas de perto pelo Twitter. Em sua temporada de corridas de longa duração pela Equipe Oreca, Bruno transmitirá regularmente opiniões e informações dos eventos de que participa, oferecendo uma visão exclusiva de tudo o que acontece dentro e fora das pistas.

Bruno responderá às perguntas tanto de fãs quanto de jornalistas, que já poderão saber tudo sobre os primeiros treinos livres das 24 Horas de Le Mans e sua preparação para uma das mais tradicionais provas do automobilismo internacional.

Para entrar no ritmo de Bruno Senna e segui-lo em alta velocidade pelos circuitos mais famosos de todo o mundo, cadastre-se no Twitter e busque:

BSenna

Fonte: Márcio Fonseca

quarta-feira, 10 de junho de 2009

Bruno Senna, Stéphane Ortelli e Tiago Monteiro terminam ensaios livres na 15ª posição na classificação geral


Após seis horas de treinos livres, o Audi # 1 terminou à frente de seu "irmão" # 2 com uma diferença de apenas 54 milésimos de segundo. O terceiro tempo foi do Peugeot 908 HDi FAP # 9. O top 5 foi completado por outros dois Peugeot 908, com o carro cedido Pescarolo Sport, à frente do # 8.

Ao que parece, o Team Oreca Matmut AIM cumpriu a risca seu planejamento de não forçar nos treinos, mas sim de aproveitar os ensaios para preparar o carro para a corrida.

Confira os tempos de todos os carros inscritos na classe "LMP1"e as respectivas colocações diante da classificação geral:

1) Tom KRISTENSEN/Dindo CAPELLO/Allan McNISH
Audi Sport Team Joest - Audi R15 #1 - 3'30.708

2) Marco WERNER/Lucas LUHR/Mike ROCKENFELLER
Audi Sport Team Joest - Audi R15 #2 + 0.054

3) David BRABHAM/Alexander WURZ/Marc GENÉ
Peugeot Sport Total - Peugeot 908 #9 +0.394

4) Jean-Christophe BOULLION/Bénoit TRELUYER/Simon PAGENAUD
Pescarolo Sport - Peugeot 908 #17 + 2.320

5) Stéphane SARRAZIN/Franck MONTAGNY/Sébastien BOURDAIS
Team Peugeot Total - Peugeot 908 #8 + 2.718

6) Alexandre PRÉMAT/Timo BERNHARD/Romain DUMAS
Audi Sport North America - Audi R15 #3 + 4.008

7) João BARBOSA/Bruce JOUANNY/Christophe TINSEAU
Pescarolo Sport - Pescarolo LMP1/2009 Judd #16 + 5.160

8)Jos VERSTAPPEN/Anthony DAVIDSON/Darren TURNER
AMR Eastern Europe - Lola Aston Martin B09/60 #008 + 5.288

9) Stefan MÜCKE/Tomas ENGE/Jan CHAROUZ
Aston Martin Racing - Lola Aston Martin B09/60 #007 + 6.024

10) Nicolas MINASSIAN/Pedro LAMY/Christian KLIEN
Team Peugeot Total - Peugeot 908 #7 + 7.272

11) Peter KOX/Harold PRIMAT/Stuart HALL
Aston Martin Racing - Lola Aston Martin B09/60 #009 + 7.782

12) Olivier PANIS/Nicolas LAPIERRE/Soheil AYARI
Team Oreca-Matmut - Oreca 01 AIM #11 + 13.766

13) Charles ZWOLSMAN/Narain KARTIKHEYAN/Andre LOTTERER
Team Kolles - Audi R10 #14 + 13.800

14) Neel JANI/Nicolas PROST/Andrea BELICCHI
Speedy Racing Team Sebah - Lola B08/60 Aston Martin #13 + 13.852

15) Bruno SENNA/Stéphane ORTELLI/Tiago MONTEIRO
Team Oreca-Matmut - Oreca 01 AIM # 10 + 15.494

18) Christijan ALBERS/Christian BAKKERUD/Giorgio MONDINI
Team Kolles - Audi R10 #15 + 19.252

19) Pierre RAGUES/Franck MAILLEUX/Didier ANDRE
Ultimate-Signature - Courage Oreca LC70 Judd #12 + 22.150

20) Jamie CAMPBELL-WALTER/Vanina ICKX/ Ricardo IANETTA
Creation Autosportif - Creation CA07 Judd #4 + 23.844

22) Peter HARDMAN/Nick LEVENTIS/Danny WATTS
Strakka Racing - Ginetta-Zytek 09S #23 + 25.990

43) Nigel MOORE/Lawrence TOMLINSON/Richard DEAN
Team LNT - Ginetta-Zytek 09S #6 + 53.992

Foto: Anthony Megevand/ Endurance-Info

As verificações técnicas



Ontem, sob chuva foram realizadas as vistorias técnicas e cumpridas as formalidades administrativas para os pilotos e carros da equipe Oreca.

As condições climáticas não impediram a aproximação dos espectadores e fãs dos pilotos e membros da equipe.

Os pilotos Bruno Senna, Stéphane Ortelli e Tiago Monteiro foram os primeiros a submterem-se à verificação de seu equipamento (capacete, licenciar pesos ..), seguidos por Olivier Panis, Nicolas Lapierre e Soheil Ayari.

Os dois ORECA 01 foram cuidadosamente revistos pelos comissários do ACO: pesagem, medição, certificação...

Bruno Senna ficou entusiasmado com o evento: "Foi um dia agitado! Foi-me dito que o público seria bom, mas não esperava tanta gente por causa da chuva. Achei ótimo, a atmosfera foi muito boa! "

Fotos: Blog Oreca

terça-feira, 9 de junho de 2009

Carro evolui e anima Bruno Senna para as 24 Horas de Le Mans

Speed Channel exibe ao vivo a 77ª edição da tradicional prova de 24 horas.

SÃO PAULO - Bruno Senna chegou nesta segunda-feira a Le Mans satisfeito com os progressos do carro da equipe francesa Oreca nos testes da semana passada em Magny Cours. Ele e os companheiros, o monegasco Stephane Ortelli e o português Tiago Monteiro, avaliaram as novidades aerodinâmicas introduzidas no Oreca-Courage LC70-AIM."Rodamos mais de mil quilômetros em dois dias. O objetivo era também permitir a adaptação à noite, já que grande parte da prova será disputada neste período. O Tiago também ainda não havia andado neste carro, então os ensaios foram bastante úteis. O carro está mais rápido e seguro em curvas de alta”, explicou.

Único brasileiro inscrito na classe LMP1, destinada aos maiores favoritos à vitória na classificação geral, Bruno Senna reconhece, no entanto, que as versões turbodiesel da Audi e da Peugeot serão as principais forças no grid da 77ª edição das 24 Horas de Le Mans. A tradicionalíssima corrida de longa duração, que divide com as 500 Milhas de Indianápolis e o GP de Mônaco de Fórmula 1 o status de maior evento do automobilismo internacional, tem largada prevista para as 10 horas (Brasília) deste sábado e contará com a participação de 55 carros de quatro categorias – os protótipos da LMP1 e LMP2 e os grã-turismo da GT1 e GT2. Os ensaios livres começam nesta quarta-feira, com uma sessão das 11 às 19 horas (Brasília).

Embora admita que o ritmo do novíssimo Audi A15 e do Peugeot 908 será praticamente impossível de acompanhar, Bruno acredita num bom resultado. "O fundamental será não cometer erros e acertar na estratégia de corrida. Se chegarmos ao final, dependendo do que acontecer com os favoritos, podemos até nos dar bem. Nosso trio está bastante equilibrado. Os pilotos são rápidos, embora essa nem seja a principal virtude em Le Mans. O que conta mais aqui é a consistência e a tocada limpa, para evitar os acidentes”, observou.

Bruno vem-se dedicando às corridas de longa duração enquanto continua buscando vaga na Fórmula 1 em 2010. Estreou na Le Mans Series com o 3º lugar em Barcelona e não completou em Spa-Francorchamps devido a uma batida. "Estou gostando desta experiência. Além do elevado nível tecnológico dos protótipos, estou aprendendo bastante alguns aspectos que me serão úteis mais adiante, como saber liderar uma equipe e trabalhar no desenvolvimento dos carros.”

Mais experiente dos representantes da Oreca, Ortelli integrou a equipe campeã em 1998. Monteiro correu apenas uma vez em Le Mans. "Ortelli tem uma enorme bagagem na prova e será muito útil, sem dúvida. Além disso, o espírito de equipe está ótimo. Todos estão ansiosos e confiantes num bom desempenho”, observou Bruno.
A Audi, com o modelo R8 em 2004 e 2005 e o R10 tricampeão de 2006 a 2008, vem dominando a corrida na pista de 13.650 metros, onde a velocidade dos esporte-protótipos pode superar os 350 km/h. A marca alemã alinhará três carros.

O dinamarquês Tom Kristensen defenderá o título do ano passado novamente ao lado do escocês Allan McNish e do italiano Rinaldo Capello. Com oito conquistas desde 1997, Kristensen é o maior vencedor da competição inaugurada em 1923 e que desde então só deixou de ser realizada em 1936. Em homenagem aos 60 anos da primeira das nove vitórias da Ferrari em Le Mans, obtida por Luigi Chinetti e Lord Seldson com o modelo 166 MM em 1949, o presidente da fábrica italiana, Luca di Montezemolo, foi convidado para dar a largada. Os organizadores esperam que o público recorde de mais de 250 mil torcedores em 2008 seja superado.

Em toda a sua longa história, esta será a primeira vez que as 24 Horas de Le Mans serão exibidas ao vivo na tevê brasileira. O Speed Channel (Canal 97 da NET) abrirá a transmissão 30 minutos antes da largada e intercalará as ações de pista com o compacto das etapas da Le Mans Series em Barcelona e Spa.

Os horários completos são estes:

Sábado:
24 Horas de Le Mans (vivo) – 9h30 às 13h00
6 Horas da Catalunha (compacto) – 15h30 às 16h30
6 Horas de Spa (compacto) – 16h30 às 17h30
24 Horas de Le Mans (vivo) – 17h30 às 21h30

Domingo:
24 Horas de Le Mans (vivo) – das 5h30 às 10h30.

Fonte: Márcio Fonseca

Hugues de Chaunac: pretendemos terminar com os dois carros nas melhores colocações possíveis


LM: Com protótipos privados e motores a gasolina, o que o seu time planeja para a corrida deste final de semana?
HC: O objetivo principal é terminar com os dois carros na melhor colocação possível. É um pouco frustrante a diferença enorme de rendimento dos protótipos equipados com motores a diesel, quando comparados a outros bons concorrentes só que com motores a gasolina, como não só é o nosso caso, como também da Aston Martin e da Pescarolo, por exemplo.

LM: Sobre seus pilotos, qual foi a motivação para essas escolhas, especialmente, de Bruno Senna e Tiago Monteiro?
HC: O objetivo era formar duas equipas muito forte e nós conseguimos fazê-lo. Tripulações rápidas e inteligentes, que é o caso.

LM
: Quais as expectativas do seu time para a 77a edição das 24 Horas de Le Mans?
HC: Estamos em nosso segundo ano de competições na classe LMP1, como parte de um ambicioso projeto que visa a vitória no futuro. Estamos aqui para chegar o mais perto possível do topo, continuar o nosso aprendizado como um fabricante independente. O objetivo principal é de completar a corrida com os dois carros nas melhores colocações possíveis. Para tanto, não pretendemos forçar na tomada classificatória ou no início da corrida. Como se trata de uma prova muito longa, devemos ser conservadores no início, para que possamos progredir ao longo da prova, chegando ao domingo na melhor posição possível. Ao mesmo tempo, participar da corrida com o regulamento técnico atual não deixa de causar certa decepção e frustração. Mesmo com a regra de equivalência derminada pelo ACO (lastro de 30 kg para os diesel), sabemos que ainda não teremos igualdade de condições com os carros a diesel. Por isso, estamos ainda à espera de que, no futuro, as regras sejam revistas, assim poderemos participar das corridas com reais condições de vencer.

LM
: O nome de seu carro mudou de Courage-Oreca LC 70 AIM para ORECA 01 AIM. Por quê? HC: Muito embora o carro mantenha a estrutura básica do Courage-Oreca LC 70E, revimos toda a parte aerodinâmica no último inverno. Assim, como forma de reconhecer o enorme trabalho desenvolvido pelos nossos engenheiros, nada mais justo do que batizar a evolução de ORECA 01.

LM: Sobre o futuro da Oreca, pode nos dizer uma palavra?
HC: Penso que o novo regulamento que deverá ser divulgado em setembro será determinante para decidirmos sobre o futuro, pois a questão da dicotomia dos motores a diesel e a gasolina tem de ser resolvida.

Fonte: 24 Horas de Le Mans - site oficial.

segunda-feira, 8 de junho de 2009

Diretor Técnico da equipe de Bruno Senna demonstra confiança

Já no paddock de Le Mans, nesta segunda-feira, David Floury, diretor técnico da equipe Oreca, demonstrou confiança em um bom desempenho da equipe francesa na prova tradicional, destacando os testes realizados em Magny-Cours na última semana:

"O teste transcorreu muito bem e conseguimos obter progresso no desenvolvimento do carro, como também pudemos estabelecer um comparativo em relação aos pneus 2008/2009. Além disso nossos seis pilotos tiveram uma preparação especial para guiarem na fase noturna da corrida, o que exige uma concentração ainda maior", completou o diretor.

Algumas fotos dos últimos ensaios do Team Oreca Matmut AIM:



Fotos: Oreca Racing

24 Horas de Le Mans no próximo fim de semana.


A edição 2009 das 24 Horas de Le Mans coloca novamente em confronto Peugeot e Audi, com a marca dos quatro anéis a reunir maior favoritismo, sobretudo depois de ter batido a sua rival francesa nas 12 Horas de Sebring, onde se estreou a ganhar o novo (e controverso) R15 TDi.

Disposta a manter-se invicta em La Sarthe, a Audi apostou forte para a clássica francesa, num ano em que reduziu drasticamente o seu programa de protótipos. Não apenas volta alinhar com três carros, como remodelou a sua formação de pilotos, ainda que permitindo a Dindo Capello, Tom Kristensen e Allan McNish defenderem o título da prova conseguido no ano passado, aos comandos do carro nº 1.No nº 2 estará uma tripla totalmente alemã, com Marco Werner a ser acompanhado por Lucas Luhr e Mike Rockenfeller, ficando o nº 3 para Alexandre Prémat e os pilotos recrutados à Porsche; Timo Bernhard e Romain Dumas.

Já a marca do leão fez modificações significativas, quer no seu 908 HDi FAP, quer nas triplas dos três carros com que alinha em La Sarthe. O Pedro Lamy passa para o nº 7, fazendo equipe com Nicolas Minassian e Christian Klien, enquanto Stéphane Sarrazin se mantém no nº 8, tal como Sebastien Bourdais, que passam a ter Franck Montagny como companheiro de equipa.

Já no carro nº 9 estará o muito rápido e experiente David Brabham, naquela que será a sua estréia aos comandos do carro francês, que não é nada estranho a Marc Gene e Alexander Wurz, os seus companheiros de equipa.

A Aston Martin corre por fora, pois os seus Lola Coupé mostraram-se incapazes de acompanhar o ritmo dos Peugeot quando os defrontaram nos 1000 Km de Spa. De qualquer forma a equipa liderada por George Howard-Chapell estará à espreita por uma «escorregadela» de algum dos favoritos.

Jos Verstappen danificou um dos carros em testes, mas a equipa conseguiu recuperar o chassis de modo a ter os três exemplares previstos. No nº 007 estarão os habituais Stefan Mucke, Jan Charouz e Tomas Enge, mas no nº 008 Verstappen e Anthony Davidson acompanham Darren Turner, enquanto no 009 Harlold Primat é acompanhado por Stuart Hall e Peter Kox, o holandês chamado para substituir Miguel Ramos, cujos afazeres profissionais o impedem de participar na semana de treinos que antecede a prova.

Assim as atenções recaem sobre dois outros portugueses. Um é Tiago Monteiro, que divide o Oreca AIM nº 10 com Bruno Senna e Stéphane Ortelli, e o outro é João Barbosa, que tripula o Pescarolo Judd nº 16 juntamente com Christophe Tinseau e Bruce Jouanny.

Em LMP2 Miguel Pais do Amaral marca presença no Ginetta Zytek do ASM Team, fazendo equipa com Olivier Pla e Guy Smith, embora o favoritismo na categoria vá para os Porsche RS Spyder do Team Goh e da Essex.Na pouco concorrida GT1 o maior destaque vai para a despedida em competição dos Corvette C6-R oficiais – já que a marca vai abandonar o modelo e concentrar-se na versão GT2, categoria onde tudo pode acontecer entre Porsche e Ferrari, marca cujo presidente, Luca di Montezemolo, dará a bandeirada de partida para a corrida.

Jornal Motor Portugal